Vereadores apresentam um plano de recuperação e apoio econômico às empresas do município

Atualmente, os pequenos negócios representam 99% dos estabelecimentos produtivos no Brasil. Eles são responsáveis por 55% da massa salarial do país e 27% do PIB brasileiro. Além disso, empregam cerca de 50% dos trabalhadores com carteira assinada. Se contarmos a informalidade da economia brasileira, esses números chegam a índices impressionantes, que mostram a importância dessas empresas para o país.

Neste cenário, como os atuais acontecimentos afetam a dinâmica dessa parcela importante da economia? Como o setor público tem agido para reduzir os impactos negativos que a COVID-19 causa sobre os micros e pequenos negócios?


Na Câmara, os vereadores Guto Lopes e Adão Pretto apresentaram um projeto que visa instituir o plano de recuperação e apoio econômico às empresas do município, bem como visa incentivar a atração de novas empresas.


Através de recursos federais que serão liberados para fortalecer a economia dos municípios, os vereadores propuseram e regulamentaram a distribuição dos valores, que podem variar de acordo com o porte da empresa e o número de funcionários.

O incentivo poderá ser recebido por meio de isenções, no auxílio do pagamento do aluguel e no ressarcimento de despesas específicas decorrentes de abertura de empresa.


Guto Lopes afirma que “a situação econômica no município de Viamão é muito frágil, e sem auxílio corremos o risco de acabar em uma crise sem precedentes. Por isso, para garantir que o recurso federal chegue até os empresários viamonenses estamos propondo este plano.”


Se o projeto for aprovado e se tornar lei, não haverá espaço para que estes recursos se percam, ou sejam destinados à outras áreas do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *