Viamão abre as fronteiras de seus produtos de origem animal para o RS e o Brasil

Viamão abre as fronteiras de seus produtos de origem animal para o RS e o Brasil, e ao mesmo tempo, as porteiras também se abrem para a instalação de novas industrias do segmento.

O município deu um importante passo para os negócios do campo. O SIM – Serviço de Inspeção Municipal, é matéria de um projeto de lei, aprovado nesta semana na Câmara de Viamão.

Agora, a lei precisa ser sancionada pelo prefeito Russinho, e, com isso, os produtos de origem animal aqui de Viamão passam a conter o selo de aprovação e o produtor terá autonomia para comercializar dentro do município.

Os selos de inspeção garantem o padrão de qualidade, eliminando riscos de contaminação e, consequentemente, doenças e infecções, lembrando que o produto de origem animal percorre um longo caminho até chegar ao consumidor.

De acordo com o secretário Marco Antônio Vieira, por meio desta lei, Viamão poderá encaminhar a partir do processo do SIM, a adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI) e ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (SUSAF/RS).

“Mais um importante passo, que coloca o produto de origem animal produzido aqui em Viamão para todo o RS e com o SISBI, para o Brasil a fora. Então, este é o próximo passo, trabalhar para habilitar o SIM a equivalência da Fiscalização Estadual e Federal”, disse o secretário.

Após esta etapa, Viamão ganhará ainda mais, pois a fiscalização torna-se mais simplificada e próxima da comunidade, valorizando os empreendimentos locais existentes e que buscam por novos mercados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *